Os 12 países Sexualmente mais Satisfeitos - Parte 1


Como é o sexo em cada país? Os chineses vão para a cama mais do que os americanos? E os brasileiros? Como anda a satisfação sexual no planeta?

Um novo estudo com dados de diversos institutos, especialmente a Durex Global Research, mediu o desempenho e a satisfação sexuais de nações baseando-se em vários fatores: amor mútuo e respeito entre os parceiros; capacidade de orgasmo; boa saúde física e mental; frequência de sexo e preliminares; e por aí vai. 

Esta semana apresento-lhe seis dos doze países sexualmente mais satisfeitos.

SUÍÇA

Pode ser por causa das visões progressistas sobre a prostituição legal, da popularidade de bordéis licenciados, da postura liberal em relação à pornografia, ou de programas de educação sexual controversos que começam no jardim de infância... Mas uma coisa é certa: a Suíça é constantemente classificada como uma das nações mundialmente mais satisfeitas em termos sexuais. Um estudo de 2013 revelou que 21% dos cidadãos avaliam o seu desempenho e vida sexual como "excelentes"; 32% fizeram sexo em lugares públicos. No entanto, os suíços ainda conseguem ter uma das mais baixas taxas de natalidade adolescente do mundo (10 vezes inferior aos Estados Unidos).


ESPANHA

Com as suas belas praias de nudismo e a alta aceitação social do casamento gay, os espanhóis passaram a encabeçarar uma lista de "melhores amantes", elaborada com 15 mil mulheres. Não acredita em estatísticas? Basta perguntar aos espanhóis. Um quarto da população espanhola classifica o seu desempenho sexual como excelente. De fato, um estudo recente com 9.850 dos "nuestros hermanos" revelou que 90% dos homens e das mulheres vivem satisfeitos sexualmente. Sem surpresa, os seus níveis de satisfação sexual aumentaram ao longo do tempo com um parceiro estável ao contrário de encontros casuais.


ITÁLIA


Com a abundância de bom vinho e comida, não é de admirar que os italianos se encontrem no topo da escala de satisfação sexual. A sedução sexual na Itália começa na mesa, como comida e sexo sendo indissociáveis. Esta pode ser a razão pela qual os italianos estão entre os melhores amantes do mundo. As mulheres italianas também parecem contentes com sua vida amorosa – e, aquelas que bebem dois copos de vinho por dia desfrutam de uma maior satisfação sexual! Este ano, 64% dos homens e mulheres italianos classificaram a sua vida sexual como satisfatória, e um terço afirmou que o sexo pode durar mais do que 10 minutos.


BRASIL

Com curvas abundantes e homens considerados os vice melhores amantes do mundo, os brasileiros entram na lista como uma nação altamente satisfeita sexualmente. Algumas estatísticas dizem que 82% dos brasileiros têm relações sexuais pelo menos uma vez por semana, enquanto outras afirmam que é 145 vezes por ano (o que equivale a cerca de três vezes por semana). Estes amantes latinos também tendem a perder a virgindade mais cedo que as pessoas em quase qualquer outra nação.


GRÉCIA


A razão pela qual os gregos são sexualmente tão satisfeitos está na sua capacidade em falarem sobre os seus desejos sexuais. Na verdade, esta característica dos gregos já os acompanha desde tempos remotos. No século IV a.C., Hipócrates falou explicitamente: "No caso de mulheres... quando, durante a relação, a vagina é acariciada... uma irritação no útero produz prazer e calor no resto do corpo". Touché! Ainda hoje, os gregos comumente discutem sexo no trabalho, com os amigos, e o mais importante, com os seus parceiros. Comunicação faz uma vida sexual melhor, ponto final. Claro, o excelente clima, belas ilhas e dieta saudável contribuem. A Durex afirma que os gregos fazem mais sexo que qualquer outra nação (164 vezes por ano, em média). 51% dos gregos dizem estar sexualmente satisfeitos.


PAISES BAIXOS

A Holanda tem uma reputação de ser um dos países mais liberiais do mundo, graças ao seu famoso distrito da luz vermelha, da abundância de praias de nudismo e das políticas de educação sexual. Além disso, 64% dos homens e mulheres holandeses são confiantes em fazer valer os seus desejos e necessidades durante o sexo e são mais abertos sobre o assunto do que outros povos. Notavelmente, a Holanda tem uma taxa de gravidez, na adolescência, de apenas 5,3 em cada mil adolescentes, em comparação com 39,1 por cada mil adolescentes norte americanas. Ao todo, 22% população classifica a qualidade de suas vidas sexuais como excelente.


1 comentário:

FORCADELTA5 disse...

----------------------------------

portugal is the Bigest Racist country that i have ever lived in. I feared for my life there and i consider myself lucky that me and my family got out of there alive! I have never lived in such poverty, and within the European Union it is the worst of the worst place to live.

I found this website that explains the Racism of Portugal today and i highly encourage all to read and spread the word in order to avoid innocent and desperate people from living or visiting there.

http://portugalisaracistcountry.neocities.org/

Thank you and be Safe.

------------------------------------