TESOUROS INVEJADOS


O futebol é um desporto de massas e, por essa razão, apresenta-se como uma oportunidade fantástica para as grandes marcas internacionais fazerem quase de tudo e investirem largos milhões de euros. Busca-se uma projecção exponencial junto dos igualmente milhões de espectadores que, ao vivo nos estádios ou num qualquer café, ‘shopping’ e esplanada, ou mesmo no conforto do sofá lá de casa, ficam pelo menos duas horas com os olhos grudados na redondinha e nos 22 jogadores que a disputam. De caminho, as marcas vêem os respectivos ‘logos’, estrategicamente colocados em redor dos campos ou nos equipamentos desportivos.
Fotos: FIFA World Cup e UEFA Champions League



Enquanto uns certos ‘marketeers’ imaginam as mais idiotas das campanhas para a promoção das selecções dos seus países, ‘atropelando’ os seus adversários e destruindo em segundos – maravilhas da ‘World Wide Web’ e das redes sociais – o que demorou décadas a edificar, outras, mais criativas, dão os passinhos certos para que o investimento feito agrade transversalmente à maior fatia de fãs deste desporto.

De entre os vários parceiros do mundo do futebol internacional contam-se dois do sector das quatro rodas a quem, podemos dizê-lo, lhes saiu a “Sorte Grande”. São eles a Hyundai e a Ford, respectivamente patrocinadoras do “FIFA World Cup” e da “UEFA Champions League”, situações que lhes garantem um retorno multimilionário, pagando-lhes exponencialmente os tais chorudos investimentos iniciais para entrarem no ‘mui’ restrito grupo dos patrocinadores das mais importantes iniciativas de futebol do planeta.

Fotos: Hyundai e FIFA World Cup

Associada à FIFA desde 1999, como patrocinadora oficial dos mais diversos campeonatos da modalidade, a coreana Hyundai está, naturalmente, em grande no “FIFA World Cup – Brasil 2014”, evento a para o qual a selecção das “quinas” se qualificou. Um filão riquíssimo em retorno, fruto das enchentes esperadas nos estádios canarinhos, com milhares de adeptos de todo o mundo. Os restantes seguidores irão colar-se às televisões e ecrãs gigantes que, para um total de 64 jogos a realizar entre 12 de Junho e 13 de Julho de 2014, se verão instalados em todo e qualquer cantinho do planeta, nomeadamente nos 32 países qualificados. Por cá, já se sabe, vai ser uma febre que até se esquece o ‘buracão’ onde continuamos metidos! 
Fotos: Ford e UEFA Champions League

Quanto à Ford, apesar da limitação geográfica que a “UEFA Champions League” aparenta, confinando-se a encontros disputados em solo europeu, a sua opção não desmerece em nada face à parceria rival, pois é tido como o maior campeonato de clubes do planeta, com honras de transmissão para todo o mundo através das mais variadas plataformas. Reforce-se que a Ford é o único dos originais patrocinadores deste campeonato de 32 equipas em disputa pelo singular troféu, mantendo-se fiel ao posto de parceiro fundador desde a sua criação em 1992.
As respectivas campanhas estão no ar e apresentam-se nos seguintes moldes:



Como demonstração do valor inerente a este autêntico fenómeno, veículo publicitário por excelência, ambas prolongaram recentemente os acordos, no caso da Ford e da UEFA até 2015 e no da Hyundai com a FIFA até 2022. As demais marcas do sector automóvel têm-lhes, por isso, uma inveja quase visceral neste capítulo, mas sem que façam – ou pelo menos que se saiba… – qualquer tipo de ‘voodoo’. É que aquelas duas recebem uma enoooooooooorme fatia de um ‘bolo’ com muitos zeros à direita, zeros que representam clientes e que, por sua vez, representam viaturas vendidas, as quais geram… lucros! E a palavra “lucros” é algo que os accionistas apreciam... e muito!

Cumprimentos distribuídos irmãmente e até breve!

José Pinheiro



Notas: 1) As opiniões acima expressas são minhas, decorrentes da experiência no sector e de pesquisa de várias fontes. Os restantes membros deste ‘blog’ não têm obrigatoriedade de partilhar dos mesmos pontos de vista; 2) Direitos reservados das entidades respectivas aos ‘links’ e imagens utilizados neste texto, conforme expresso.

2 comentários:

Anónimo disse...

Gostei muito principalmente o da Hyundai. Emotivo até.
(Mas também gostei de ver os "nossos meninos" no da Ford)
Hoje concordo contigo.
Ana

José Pinheiro (Trendy Wheels) disse...

Olá outra vez fiel leitora
Os "nossos meninos" ficam sempre bem eheheheh.
E concordar comigo de vez em quando também te fica bem!
Obg
JP