É dos carecas que elas gostam mais!!!


São diversos os estudos que procuram associar características físicas a tipos de personalidade, tais como,o tamanho das pessoas, a postura adotada em certas situações e, até, a cor dos olhos. A maioria destes traços é imutável, mas o cabelo é particularmente interessante pois é “controlável”. Foi isso que levou Albert Mannes, na Universidade da Pensilvânia (EUA), a realizar 3 estudos para investigar esta característica:

No primeiro, Mannes, pediu a 52 estudantes universitárias para visualizarem fotografias de 25 homens, de raça branca e negra. Dez dos homens tinham a cabeça rapada, enquanto os outros tinham diversos tamanhos de cabelo, sem sinais visíveis de calvície. Seguidamente, era pedido para que as estudantes avaliassem as fotos de acordo segundo as seguintes características: dominação, atratividade, idade e força física. Neste estudo, os homens carecas foram consistentemente classificados como parecendo mais dominantes. 

No segundo estudo, pediu-se a 367 adultos para avaliarem oito fotografias de homens. Metade dos participantes viu as fotografias originais, da pessoa com cabelo, e outra metade viu as mesmas fotos mas modificadas, para que os homens ficassem carecas. As versões “alteradas” (homens de cabelo digitalmente “rapado”) tiveram valores mais elevados nas características de dominância, masculinidade, idade, altura, força física e confiança. Porém, também foram considerados como menos atraentes que nas versões originais. 

No último estudo, Mannes pediu a 588 participantes que lessem a descrição de um homem com três versões: homem com muito cabelo; homem com queda de cabelo e homem careca. Mais uma vez, o homem careca foi avaliado como mais dominante, mais masculino e mais forte, enquanto que o homem com queda de cabelo foi o pior classificado. 


Resumindo: verificou-se que os homens carecas são geralmente encarados, pelas mulheres, como mais dominantes, confiantes e masculinos do que os homens com cabelo. Porém, esse fator não está diretamente relacionado com a atração, visto que muitas vezes são considerados como menos atraentes. 

Considera-se que a perceção do homem careca como mais masculino e viril, provavelmente tem a ver com alguns estereótipos culturais. Os cabelos curtos/rapados são mais frequentes nas profissões tradicionalmente masculinas, como militares, policias, atletas, etc. Sem contar que nos filmes de ação atores, como Bruce Willis, aumentam a fama do “careca forte e corajoso”. 

Por fim, um homem rapar o cabelo pode sinalizar que é suficientemente autoconfiante para “desistir do seu cabelo que é um símbolo de beleza e poder”. No entanto, em algumas culturas, existe o risco, que o visual “careca” seja associado à cultura Skinhead e, portanto, se torne menos desejável. 

Concluindo se um homem quiser parecer bonito, deverá cuidar do cabelo, mas se preferir parecer mais confiante ou masculino, deve rapá-lo. Porém é preferível rapar o cabelo, se começar a notar queda de cabelo, visto que corre o risco de ficar sem duas características desejáveis: atratividade e dominância.

Adaptado do original: Live Science

1 comentário:

Anónimo disse...

Hello! This is kind of off tοpiс but I
nеeԁ sοme adѵice from аn еstabliѕhеԁ blog.
Is it hard to set up youг own blog? I'm not very techincal but I can figure things out pretty quick. I'm thinking about setting uρ my oωn but
I'm not sure where to start. Do you have any ideas or suggestions? Thank you

Here is my web page ... click for source